Alienação+Nariz Entupido

Alienação+Nariz Entupido

ALIENAÇÃO + NARIZ ENTUPIDO no Teatro Ibérico
18 Maio

22h00

Bilhete Único: 5€

PROGRAMA

22H00 – Ricardo Remédio
23H00 – Ježek & Kurepa
24H00 – FARWARMTH + [un]stable

Ricardo Remédio:
Amplamente conhecido como membro fundador de LO?BO, Ricardo Reme?dio fez nascer a solo RA no qual surgiu “Rancor”, EP lanc?ado pela reputada editora nortenha Lovers & Lollypops. Nomes particularmente marcantes e sonantes, como JK FLESH, Daniel O’Sullivan, Necro Deathmort e Blac Koyote, foram responsa?veis pelas quatro remixes, lanc?adas em 2014, complementando e re-interpretando cada faixa uma das faixas.
Mais tarde, com maior consiste?ncia e armac?a?o, decide arriscar na produc?a?o musical como da figura homo?nima, atrave?s de “Natureza Morta”. Ricardo Reme?dio contou com a participac?a?o de Daniel O’Sullivan, conhecido membro integrante de Ulver, Æthenor e ao vivo com os mi?ticos SUNN O))), na produc?a?o. James Plotkin juntou-se para a masterizac?a?o de “Natureza Morta”, refere?ncia pelos trabalhos com Earth, ISIS, Pelican, Nadja, entre outros.
Ricardo Reme?dio tem vindo a percorrer um caminho a solo bastante noto?rio a ni?vel nacional, tendo participado em diversos festivais de peso como Jameson Urban Routes, Milho?es de Festa, Amplifest e Mucho Flow.
Esta? ainda associado a bandas como Godesh, Nothing, oOoOO e Suuns com quem partilhou os palcos e primeiras partes.
O seu especta?culo mais recente ocorreu no ini?cio deste ano, no desenvolvimento de um convite especial feito pelo conhecido ilustrador O Gato Mariano, para um encontro de artistas nacionais no lisboeta DAMAS.
No ano anterior, “Natureza Morta” foi lanc?ada numa versa?o original limitada, em formato de pen USB. Todas as pec?as foram impressas e modeladas em 3D pela artista Marta Macedo, utilizando materiais lumino fluorescentes e biodegrada?veis.
Este ano a Regulator Records volta ao activo e, apo?s um hiato prolongado, aventura-se na edic?a?o deste projecto homo?nimo, numa versa?o em CD e cassete. Esta editora trabalhou com Sannyasin, anteriormente conhecidos como X-Acto.

In Arte Sonora: 
“Na?o ha? baterias ou riffs de guitarra, mas atrave?s de programac?o?es e densidade de sintetizac?a?o, no seu primeiro a?lbum a solo, a mente electro?nica de Ri- cardo Reme?dio remete-nos para uma atmosfera familiar a? de “A?lma”, dos LO?BO (…) A cade?ncia repetitiva, os anti-crescendos e a pro?pria sintetizac?a?o de “Natureza Morta” desenvolvem dina?micas estranhas e, simultaneamente, cativantes.”

Ježek & Kurepa:
Jezek & Kurepa e? um duo inco?gnito no universo da mu?sica ambiente, lanc?ado pela editora Golden Mist.
A sua mu?sica e? muito pro?pria, combinando a composic?a?o cla?ssica em piano acu?stico tocado ao vivo com a distorc?a?o e automac?a?o eletro?nica onde o resultado e? uma breve viagem por va?rios estados emocionais. A sua actuac?a?o ao vivo e? uma misteriosa e melanco?lica experie?ncia. Criaram em 2016 as Invisible Sessions com o mote de desenvolver colaborac?o?es musicais com mais ar stas portugueses. Apresentam agora o seu segundo lanc?amento Wrong Room #2 que saira? em Abril pela editora portuguesa.

Farwarmth + [un]stable:
Mais uma vez acompanhado por [un]stable (Pedro Menezes) na bateria após a performance que abriu o concerto de Kara-Lis Coverdale na Galeria Zé dos Bois, FARWARMTH (Afonso Arrepia Ferreira) mergulha a fundo no ser humano e no que rodeia o mesmo, sonoriza a efemeridade e eternidade das paisagens interiores e exteriores de toda a existe?ncia. Da terra pisada ao ce?u monumental, por entre densas camadas de instrumentalidade pesadas de emoc?o?es no seu limite, a sua sonoridade, ora sombria ora esmagadoramente bela e violenta, revela a paz e o medo de viver na imensidade deslumbrante. No ini?cio do ano passado, o seu primeiro a?lbum “Beneath The Pulse” foi lanc?ado pela Alienac?a?o Records, da qual e? co-fundador, e marcou o comec?o de uma se?rie de actuac?o?es pelas salas de Lisboa ao longo de 2016. Encontra-se agora no processo de novas composic?o?es produzidas entre as cidades de Lisboa, Porto e Braga, em colaborac?a?o com jovens mu?sicos e outros artistas.

Reservas:

bilheteira@teatroiberico.org