TEMPESTADE

TEMPESTADE

Tempestade

Uma Criação Cia JGM
A partir de textos de William Shakespeare

29 Novembro a 9 Dezembro
Espectáculos Quartas, Quintas, Sextas e Sábados às 21h30

” Para sonhar são precisos dois sonhadores: aquele que
sonha e aquele que assiste ao sonho a ser sonhado.”
É com esta frase que João Garcia Miguel termina a
sua adaptação d’A tempestade, a quarta incursão que faz no
universo de Shakespeare, depois de Burgher King Lear, Romeu e Julieta e Hamlet (talvez). Num espectáculo que se funda
grandemente nos recursos performativos dos intérpretes e no
espaço sonoro criado ao vivo por Nuno Rebelo, Tempestade
significa, para o encenador que iniciou o seu percurso em Almada, “o início de um ciclo dedicado às emoções: ao amor, mas
também ao ódio que se lhe opõe, às forças que nos assolam
como tempestades e nos sustentam os caminhos”.

João Garcia Miguel iniciou a sua carreira profissional na década de 80. É um dos fundadores dos colectivos Canibalismo
Cósmico, Galeria Zé dos Bois e OLHO – Associação Teatral,
que dirigiu entre 1991 e 2002. Em 2003 fundou a Companhia
JGM e, em 2008, tornou-se director artístico do Teatro-Cine
de Torres Vedras. No mesmo ano foi distinguido com o Prémio FAD Sebastià Gasch e, em 2014, com o Prémio de Melhor
Espectáculo do Ano, atribuído pela Sociedade Portuguesa de
Autores a Yerma. É também professor, investigador e artista
associado do Actor’s Center de Roma e Milão.

Ficha Técnica e Artística:

Direcção e encenação de João Garcia Miguel 
Intérpretes: António Pedro Lima; David Pereira Bastos; Sara Ribeiro; Vítor Alves Silva
Assistente de Encenação: Rita Costa
Música: Nuno Rebelo
Apoio Cenográfico e Adereços: Rita Prata
Figurinos: Tiago Vieira
Desenho de Luz: Luís Bombico
Direcção de Som: Manuel Chambel
Imagem Gráfica: João Catarino
Gestão de Projectos: Tiago da Camara Pereira
Produção: Raquel Matos

Infos e Reservas:

bilheteira@teatroiberico.org

Tlf: 218682531

Tlm: 927510092